O proprietário do imóvel foi autuado por infração de medida sanitária preventiva

A Polícia Civil flagrou 50 pessoas aglomeradas 

em uma festa clandestina realizada na noite de quarta-feira (14), em uma casa no bairro do Morumbi – zona oeste da Capital. Na ação, o proprietário do imóvel, de 39 anos, foi identificado, levado à delegacia e autuado.

A ação foi deflagrada pelo Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), em apoio ao comitê de "blitz", criado pelo Governo de São Paulo para reforçar a fiscalização do cumprimento das medidas restritivas contra a pandemia e atuar contra festas clandestinas e aglomerações.

Na residência, os agentes foram recebidos por um dos frequentadores, que informou participar de uma festa no pavimento inferior e autorizou a entrada da equipe. No local, os policiais localizaram o proprietário da casa que confirmou a realização de uma reunião entre amigos.

No imóvel, foram flagradas 50 pessoas desrespeitando o distanciamento social, compartilhando copos de bebidas e, em sua maioria, sem a utilização da máscara de proteção, descumprindo o Decreto Estadual que visa a combater a disseminação do Covid-19.

Todos os presentes foram qualificados e a maioria dos frequentadores dispersados para evitar aglomeração. O proprietário da residência foi levado ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (Dppc), onde foi autuado por infração de medida sanitária preventiva, por meio de um termo circunstanciado. A ocorrência foi encaminhada ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).Polícia Civil SP