Na manhã desta terça-feira (11), o Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap) deflagrou a Fase III da Atuação em Campo de Polícia Judiciária denominada “Capital Mais Segura”.

A atuação permanente faz parte de um conjunto de ações que visa combater crimes patrimoniais, dando cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão deferidos pelo Poder Judiciário no curso de investigações policiais desencadeadas no âmbito das 8 Delegacias Seccionais de Polícia subordinadas ao Departamento.

Participaram da ação 536 policiais civis, gerando um total de 89 pessoas presas e a apreensão de 32kg de drogas e 3 armas de fogo.

Destaca-se a captura de um procurado da Justiça, suspeito da prática de crimes de roubo na circunscrição da 7ª Delegacia Seccional de Polícia, que foi preso na posse de uma pistola calibre 380 municiada. O suspeito possui extenso histórico criminal, além de ser conhecido por ostentar os proveitos do crime em suas redes sociais.

Nas diligências para cumprimento de 8 mandados de busca e apreensão relacionados a investigação criminal de associação criminosa voltada a prática de furto e roubo de veículos e motocicletas na região Sul da Capital, foram presas três pessoas em flagrante.

Policiais da Central Especializada de Repressão a Crimes e Ocorrências Diversas (CERCO) da 7ª Delegacia Seccional capturaram individuo guardando em sua casa 3kg de cocaína, além de estar portando documentos falsos. O capturado aparece em reportagem jornalística como "um dos 10 mais procurados do Vale do Ribeira", tendo praticado diversos crimes graves também naquela região.

Na região Central, foi localizado estabelecimento comercial de peças usadas de motocicletas com mais de 350 unidades com origem ilícita.Polícia Civil SP