Nesta quarta-feira (29), a Polícia Civil de Salto (Deinter 7) confirmou o esclarecimento do homicídio de uma jovem, de 18 anos, ocorrido no último dia 6.

A vítima foi dada como desaparecida pela família no dia 13, depois que um corpo foi encontrado carbonizado, na zona rural de Salto. Uma perícia realizada no local constatou que se tratava de uma mulher.

O trabalho de investigação indicou que o corpo era da garota desaparecida e que ela teria sido morta pelo mesmo homem que foi encontrado morto, no mesmo dia do registro do desaparecimento.

Com base em todas as provas coletadas, inclusive as mensagens trocadas entre a vítima e o suspeito, a Polícia Civil se preparava para pedir a prisão preventiva do suspeito, no entanto, ele foi assassinado por moradores, na data da comunicação do desaparecimento.

No carro do suspeito, os policiais civis encontraram um galão com odor de gasolina, um rolo de arame semelhante ao identificado no corpo e uma faca com resquícios de sangue.

A morte do suspeito segue sendo investigada. A Polícia Civil busca saber se ele agiu sozinho no assassinato da jovem ou se há outras pessoas envolvidas no caso, bem como se ele estaria envolvido em outros crimes ocorridos contra mulheres na cidade.Polícia Civil SP