No último fim de semana, a rede de varejo Magazine Luiza divulgou que a nova edição de seu programa de jovens aprendizes, agendada para 2021, será reservada apenas a candidatos negros.

A empresária e fundadora da Magalu, Luiza Trajano, pronunciou-se sobre a polêmica que a decisão gerou nas redes sociais. Trajano comentou: “Acreditamos que as pessoas vão entrar juridicamente, mas a gente vai lutar e não vamos desistir tão fácil”. Comentário foi feito durante entrevista para o jornal Folha de S.Paulo.